Archive for março, 2011


Fonte original: Naver Mongeul blog Mongeul

15 de Março – Audiência SM vs JYJ

1. O motivo alegado do porque o salário dos membros [do Dong Bang Shin Ki] era tão pouco foi porque tudo era atribuído com gastos gerais. Foi revelado hoje que a SM contabilizou como despesas gerais, tais itens incluídos comicamente ridículos como lanches, despesas diárias dos executivos da SM e do pessoal, taxas de estacionamento, antigripais, refeições, transporte de artistas (ou seja, avião, carro), aluguel, custos dos agentes de concertos, vários impostos e despesas que deveriam ter sido obviamente cobertas e suportadas pela SM.

2. A SM alegou que, em 2008, dos 14,7 bilhões de won (cerca de 14,7 milhões de dólares) em lucro ganhos neste ano, apenas 1.000 bilhão de won (aproximadamente 1 milhão de dólares) veio do Dong Bang Shin Ki, e o resto veio de CSJH, BoA, The Trax e Koh Ara [nota: atriz coreana da SM]. Aqueles que sabem da popularidade de Dong Bang Shin Ki e seu poder de vendas no Japão e no exterior sabem como esta alegação é infundada. (O juiz perguntou se Koh Ara realmente trouxe mais lucros que Dong Bang Shin Ki, na qual o lado SM não pôde responder). Neste momento, muitos no tribunal até deram uma gargalhada.

3. Em 2008, a SM transferiu os 10% exigidos das vendas de download digital [para o Dong Bang Shin Ki], mas em 2009 não se preocupou em fazê-lo.

4. O lucro total da turnê mundial, ascenderam a 3,4 bilhões de won (cerca de 3,4 milhões de dólares), mas a quantidade que deveria ir para os membros do Dong Bang Shin Ki, a [SM] subtraiu 900 milhões de Won (cerca de 900 mil dólares) com honorários dos agentes.

5. O dinheiro que foi entregue como adiantamento foi posteriormente deduzido aos impostos pessoais. Se apenas a [SM] tivesse feito sua contabilidade devidamente teria existido nenhuma necessidade de pagar impostos que incidem sobre esses avanços.

6. Os membros do [Dong Bang Shin Ki] foram colocados para pagar os honorários de agentes por os seus concertos no estrangeiro, vídeos, músicais e até mesmo despesas de coreografia.

7. Mesmo tendo em conta as vendas de Mirotic contabilizados em 480.000 unidades, a [SM] tinha que pagar [aos membros] 50 milhões de won (cerca de 50.000 dólares), mas não foi pela razão de que o próximo álbum não tinha saído ainda.

8. Em 2004, [os membros do Dong Bang Shin Ki] foram contabilizados o valor dos lucros em 3-4 meses com o single “HUG”, mas os registros contábeis revelam que depois não receberam nada com a venda de seus álbuns.

Finalmente, os membros do [Dong Bang Shin Ki] estavam sobrecarregados com todas as despesas.

Assim que é exatamente a SM insistindo que investiu? [nota: o autor está insinuando que a justificação da SM que os acordos financeiros no contrato do DBSK foram necessários para recuperar os custos de investimento está no fato de uma mentira / fraude, grande e elaborada. Todos os grandes investimentos foram feitos pelos membros do DBSK, os membros do DBSK foram, de fato, obrigados a investir na empresa que supostamente investia neles]

Que tipo de método de cálculo é esse?

Quanto mais eles ficam ativos, mais eles perdem dinheiro … como existe alguém que pensa que isso faz algum sentido?

Se isso é quantas brincadeiras da SM giram na corte, questiona-se como muito mais grave é a de brincar na vida real.

Toda a informação revelada na audiência é o resultado da SM ter costurado e dobrado os fatos a seu favor, e mesmo assim ainda se torna estarrecido. Se querem saber, o quanto mais chocante é a versão não censurada…

E agora, o julgamento que estava originalmente previsto para o dia de hoje foi prorrogado mais uma vez graças a uma quarta audiência às últimas alegações / palhaçadas da SM.

Mas todos nós, estamos cientes da verdade.

Fonte: @followyas, @babyblue1225

Créditos: Jimmie @ TheJYJFiles+Jess @ CrazyLoveTVXQ

Anúncios

É galera, hoje de manhã quanto eu acordei, nunca imaginaria que o dia seria como foi. Não pensava que ficaria triste o dia inteiro e nem que ficaria pensando no assunto até agora.
Estou muito aflita e muito descontente com o que ocorreu no Japão nessa madrugada do dia 11 (Aqui no Brasil). Sinceramente, me senti sem chão, como se morasse lá no Japão. Me senti triste.

Tudo começou com um tremor de terra que na escala richter marcava 8.9 (Até hoje foi o maior terremoto que o Japão já teve), os prédios de Tóquio balançaram e houve muito caos na cidade. Logo depois, mais ou menos um minuto, a onda gigante, tomou o nordeste e norte do Japão e invadiu Saidan, Fukushima, Aomori, Ibaraki e outras cidades próximas à costa. Causando o desaparecimento de casas, veículos e ruas. As ondas chegaram a 10 metros de altura e 700 km/h de velocidade, que se compara a um jato comercial.
As pessoas foram avisadas com antecedência de uma hora sobre o tsunami, e dirigiram-se para a capital do país, que não sofreu com o tsunami. Mas, ainda não é confirmado o número de mortos nem de desaparecidos.
Sabe-se que nenhum brasileiro foi atingido pelos desastres já que na cidade de Saidan o número de brasileiros é bem pequeno. Mas, ainda assim o desespero de famílias brasileiras é grande por aqui.
Como as pontes de comunicação, como telefonia e internet foram desativadas, devido as catástrofes, o desespero foi maior.
Consta que a essa hora as comunicações já estão disponíveis, mas estão congestionadas.

O Japão é um dos países que é o mais equipado para receber terremotos, já que de cada 5 terremotos, 1 é no Japão. O país começou a se preocupar depois de um terremoto que alastrou as cidades, marcando 7.5 na escala richter em 1923. Depois disso o país vem construindo prédios e casas que suportam terremotos como esse, mas tsunamis ainda não poderia ser evitado por japoneses.
O termo “tsunami” foi criado por eles, e significa “Grande onda” determinado assim para ondas que derrubavam barcos que ficavam na encosta. E sempre foram a preocupação de japoneses durante anos. Não se podia imaginar que o maior pesadelo deles (E de qualquer um) poderia se tornar realidade hoje.

Parece que depois do terremoto mais forte, tiveram vários terremotos em menor escala, o último marcou 6.6 na escala ritcher. Mas a maior preocupação dos japoneses ainda é uma nova tsunami.

Gente, espero que tudo dê certo para eles. Não consigo imaginar isso, até agora acho que não passou de um pesadelo e que vou acordar daqui a pouco.
Espero voltar com notícias melhores.
Até.

Matéria retirada do site SK13.zip.net