Ainda em tempo, a empresa de cosméticos vinculada à JaeJoong, YooChun e JunSu, a CreBeau, resolve falar sobre as acusações que a SM Entertainment vem fazendo — parece que a SME está cavando o próprio buraco.

Como bem sabem, desde o início a SME vem tentando desviar o foco principal do processo dizendo que os três membros o abriram para na verdade obter vantagens em seus negócios paralelos, já que eles têm relações com a CreBeau — só que agora o presidente da empresa abriu a boca e desmentiu os absurdos da agência. Em entrevista, Kang SukWon diz que já processou Kim YoungMin, CEO da SME, pelos absurdos que ele vem dizendo sobre os três membros e a CreBeau. “Mesmo que neste caso seja óbvio que o processo refere-se à distribuição injusta de lucros, a SME tenta empurrar a culpa pra cima da CreBeau”. O presidente da empresa revela ainda que os membros investiram na CreBeau, respectivamente, US$70.000, US$60.000 e US$40.000 e que essa quantia não foi suficiente para dar direitos aos três de tomarem as rédeas da empresa — fazendo dos membros simples investidores.

“Em maio de 2009, representantes da SME foram até à sede da CreBeau, na China, por duas vezes e determinaram que os membros não estavam, de forma alguma, indo contra o contrato assinado com a agência. Agora a SME distorce toda a história e faz acusações ridículas. A SME disse que o processo referia-se à esses negócios e que ia contra os termos do contrato, não há credibilidade alguma nisso já que ela própria havia aprovado os investimentos anteriormente. Os membros não arriscariam suas conquistas com o DBSK criando conflito com sua agência. Foi um investimento privado e os membros não têm poder sobre a empresa de nenhuma forma. São meros investidores, nada mais, nada menos. O que isso teria a ver com o processo? E por que a SME continua tentando fazer conexões com isso?”, continou o presidente da CreBeau. Além de revelar as mentiras da SME, Kang relevou ainda que por causa de tais ações da agência, seus negócios sofreram danos significativos em toda a Ásia e até nos Estados Unidos.

“Se a SME e seus lucros são tão importantes assim e se estão dispostos a prejudicar os negócios dos outros por isso, então ela deve reconhecer que vale o mesmo para os outros. Se ela não parar de distorcer a verdade e não se desculpar pelos danos causados à CreBeau, não vou hesitar em revelar alguns detalhes absurdos sobre ela ao público e à Corte, finalizou o presidente.

Créditos: DBSK BR