Ou pelo menos é nisso que a agência quer que acreditemos. Depois de muito tempo calados, representantes da SM Entertainment declaram que YunHo e ChangMin estão do lado dela e por isso não estão juntos dos outros três membros no processo. Eles não disseram isso em alto e bom som pra todo mundo ouvir, mas assinaram um documento com a declaração:

 

Carta Assinada por YunHo e ChangMin || Carta Assinada por YunHo e ChangMin 02 

 

 

Os dois declaram que confiam na agência e por isso vão continuar com ela. Além disso, YunHo e ChangMin planejam um comeback entre março e junho de 2010 e recomendam aos outros três que tomem uma decisão até o próximo dia 12, para que assim possam planejar tudo.
Segundo o documento acima, YunHo e ChangMin declaram que:

 

Nós assinamos o mesmo contrato com as mesmas cláusulas e nos últimos cinco anos, trabalhamos juntos sob as mesmas condições com plena confiança na agência, em nós mesmos e nos nossos sonhos. Queremos compartilhar nosso sonho e nosso futuro com a SM e manter a promessa do contrato. O DBSK foi feito pela SM e queremos trabalhar como DBSK pela SM. Nenhuma outra agência pode criar o DBSK, só a SM pode nos conduzir e nos dar a melhor produção existente. Os três membros devem saber melhor do que ninguém que a SM é a única que realmente conhece o DBSK. Mentemos nossa confiança com a agência e continuamos com ela. O grande futuro do DBSK será com esta agência. Acreditamos que nossas promoções na Coréia, planejadas para o período de março à junho do ano que vem, devem ser preparadas pelo menos seis meses antes. Se os outros três pretendem continuar no DBSK, eles devem tomar uma decisão antes que seja tarde.

 

 

Os três comentaram também sobre os negócios paralelos de JunSu, YooChun e JaeJoong, ligados à indústria de cosméticos:

 

Os negócios dos cosméticos (CREBEAU) mudaram tudo. Não estamos familiarizados com tudo, mas acreditamos que uma empresa que queira negócios com o DBSK, deve consultar a SM antes. É senso comum. Não nos envolveremos com uma empresa que queira fazer negócios sem a SM, significaria problemas à nossa frente. Não queremos que a reputação e o orgulho do DBSK, conquistados com nosso trabalho duro, sejam arruinados por uma empresa que não trabalha em sua legalidade. Não sabemos do contrato entre a empresa e os três membros, nem sabemos o que disseram à eles e nem quanto ganharam com ela. O que sabemos é que o DBSK decaiu por causa de uma empresa sem ética e isso é inaceitável.
Com o DBSK se desfazendo assim, na situação atual, é impossível prever o futuro. Esperamos que os outros três voltem aos dias em que trabalhávamos juntos e sempre dando duro pelos nossos conhos.

 

 

E agora, em quem acreditar? Apesar do documento assinado, os fãs vêm desconfiando que de alguma forma a SM tenha obrigado YunHo e ChangMin à assinarem o documento com alguma espécie de chantagem — mesmo porque, se você reparar, o documento é mais do que enaltecedor e trata os outros três membros como se o grupo não se conhecesse. Também acham estranho YunHo ter assinado da mesma forma com que dá autógrafos e ChangMin assinou com seu hanja, e não em coreano.

 

 

 

 

 

Créditos: DBSKBR